quinta-feira, 14 de março de 2019

Gerente de Tecnologia da Playlist da entrevista sobre a NAB Show 2019


Em entrevista exclusiva para o Blog Playlist, Marcello Costa, gerente de tecnologia da empresa, falou sobre as expectativas para o maior evento de tecnologia de mídia do mundo.

Blog Playlist:
Olá Marcello, boa tarde.
É um prazer estar aqui para uma entrevista com você.
Marcello Costa:
Boa tarde. O prazer é todo meu.

Blog Playlist:
Então, para dar início a nossa entrevista, a Playlist completa seu 8º ano consecutivo na NAB Show. Conta para a gente quais foram às vantagens da Playlist neste evento?
Marcello Costa:
Durante esses 7 últimos anos a NABSHOW tem se configurado como um importante norteador para a inovação de nossos softwares. Por ser a maior feira do setor, lá temos contatos com radiodifusores e profissionais do rádio dos quatro cantos do mundo, onde trocamos ideais, ouvimos sugestões, ampliamos nosso networking e a cada participação tomamos impulso para fazer sempre algo de diferente para nossos clientes. Amaduremos sempre e estamos em total sintonia com o que há de melhor no setor.

Blog Playlist:
Neste ano de 2019, quais são as expectativas para a Playlist na NAB?
Marcello Costa:
Sempre fomos ousados, nunca participamos de nenhum evento, desde encontros regionais até uma exposição tão grandiosa como esta, sem oferecer algo de novo aos nossos clientes e visitantes. Para este ano as expectativas são as mais positivas possíveis, vamos lançar para o mercado o nosso tão esperado Aires Studio, que nos últimos dois anos, em sua fase beta, passou por diversas modificações. Como já dito, as ultimas participações nos fizeram amadurecer bastante e agora temos realizado um trabalho árduo e prazeroso, desejamos fechar muitos negócios com os visitantes.

Blog Playlist:
No ano de 2017 a Playlist apresentou seu novo produto, o Aires Mobile Studio e este ano ele também será demonstrado. Teremos alguma alteração no software e quais seriam elas?
Marcello Costa:
Em 2017 apresentamos o Aires Studio em sua versão beta, agora estamos com a versão Release Candidate e aproveitaremos a NAB para o lançamento da versão final. Realizamos, em contato direto com nossos clientes, engenheiros e técnicos de radiodifusão, locutores e outros profissionais, diversas melhorias no produto, a qual chegou a uma versão que fará a diferença no mercado. Tenho certeza que todos usarão o Aires Studio em sua emissora a partir de agora. Todo o ecossistema Aires será composto nesse primeiro momento do Aires Studio, Aires Repórter e Aires Cloud. Esse ambiente de operação foi concebido pensando na emissora utilizar os equipamentos que ela já tem ou que podem ser adquiridos com baixo custo, de maneira fácil e com alta robustez. Nosso objetivo com esse ecossistema é dar a emissora acesso a codec de transmissão, processamento de áudio, console dinâmicos, gerenciamento e integração de conteúdo em nuvem, conexão com dispositivos analógicos e digitais, tudo em um só produto, sendo possível a utilização multiplataforma em PC´s, Mac´s, Smartphones e iPad. Estaremos aplicando preços e condições de aquisição que cabem bem no bolso das emissoras, pois conhecemos muito bem a realidade do mercado internacional e que não difere em nada do mercado interno, com isso cremos que haverá uma melhoria significativa na qualidade da programação das rádios e quem ganha com tudo isso são os ouvintes, pois terão muito mais acesso a conteúdo com qualidade de áudio e dinâmica de programação.

Blog Playlist:
Além do Aires Mobile Studio, o Logger 2.0 será demonstrado durante a feira. Conta para a gente um pouco sobre as vantagens desse software em uma emissora.
Marcello Costa:
Há dois anos lançamos o Logger 2.0 no mercado e ficamos muito contentes porque vimos que o software tem gerado valor as rádios. Recursos próprios colocam esse produto num patamar muito superior ao que foi oferecido até hoje no mercado. Somente para relatar, a RCN da Colômbia necessitava antes de inúmeros servidores e recursos de armazenamento e transmissão para gravar e realizar o aircheck de suas 146 emissoras. Para essa tarefa eram investidos mais de US$ 10.000,00/ano. Eles adquiriram o Logger 2.0 em 2017 e agora, com apenas 3 servidores, eles gravam via streaming e local toda a programação das 146 emissoras, gerenciam e realizam aircheck e possuem todo controle da programação de sua rede. Isso nos impulsiona a investir e tornar esse sistema imprescindível para uma emissora de rádio. Por isso, implementamos nessa ferramenta a busca por emissoras através da localização, melhorias em relatórios de comprovação e integração com o ecossistema Aires, o qual dará a emissora a possibilidade de armazenamento nas nuvens e também conexão com streaming.

Blog Playlist:
Terminamos aqui nossa entrevista.
Muito obrigada Marcello e sucesso neste ano na NAB.
Marcello Costa:
Eu que agradeço!
Com certeza será um sucesso a participação da Playlist Software Solutions na NAB 2019 e o grande beneficiado de todo esse investimento é o cliente Playlist.


Artigos Relacionados

0 comentários:

Postar um comentário