terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Configurando o Playlist com o RDS

O que é RDS?
O Radio Data System, ou RDS é um sistema de transmissão de dados em formato digital utilizado em transmissores de radiodifusão em FM. O RDS permite visualizar várias informações sobre a estação de rádio sintonizada, como o nome da emissora, tipo de programação, nome e interprete da música atual, publicidades, bem como diversas outras informações. O sistema é utilizado por muitas emissoras de rádio brasileiras, especialmente para a exibição do nome da emissora no visor do receptor do ouvinte. Aparelhos de rádio FM instalados em alguns veículos e também rádios portáteis como celulares com FM dispõe dessa tecnologia de recepção RDS.


O que é possível através de um RDS?
O sistema de RDS possui várias opções, mas algumas ainda não são utilizadas no Brasil por fazerem parte do "pacote de rádio digital", tecnologia ainda não empregada no país. Segue abaixo lista de algumas funções:
AF (Alternate Frequencies) – O aparelho receptor seleciona a sintonia mais adequada de determinada rádio. A emissora poderá induzir uma sintonia mais adequada para o ouvinte, fazendo a troca automática da freqüência.
CT (Clock Time) – Relógio que exibe a hora da emissora.
EON (Enhanced Other Networks) – Essa função permite o acesso a informações de trânsito.
PI (Programme Identification) – Identifica a emissora sintonizada.
PS (Programme Service) – Essa função permite o envio de textos com oito caracteres, exibindo informações como a música e cantor atual, por exemplo.
PTY (Programme Type) – Auxilia na busca de uma estação digital, como por exemplo, busca por gênero musical.
RT (Radio Text) – Ele pode gerar arquivos com até 64 caracteres. Função ótima para emissoras que trabalham com jornalismo.


Como configurar o Playlist para envio de informações ao RDS?
O Playlist Digital oferece duas formas para exportar arquivo com informações para o RDS. O Playlist gera um arquivo texto, dentro da pasta RDS (C:\Playlist\Pgm), neste arquivo estará presente três linhas, contendo informações do artista, nome da música e um texto para quando a emissora estiver exibindo o bloco comercial.
Alguns Encoders RDS mais antigos são ligados ao PC através de uma porta serial e nele é configurado o endereço da pasta onde estará o arquivo texto (*.txt).
Outra maneira que o Playlist digital envia essas informações é através do envio de um arquivo no formato XML diretamente para o Encoder. A utilização dessa função já foi testada com o Encoder Audemat e é necessária a configuração no Playlist Digital e no Encoder.
No Playlist, para configurar o envio dos dados, você deverá seguir os procedimentos abaixo:



 1.  Na barra de tarefas do programa, clique em Ferramentas e selecione "Opções...";
 2.  Ao abrir a janela "Opções...", selecione a aba "Configurações";
 3.  Procure pelo grupo "RDS";
 4.  Selecione no campo "Modelo" a opção "Audemat";
 5.  E no campo "Endereço do Encoder RDS", você irá preencher com o endereço IP e a Porta para envio do arquivo (ex: 201.26.103.61:1001);
 6.  Clique em Fechar e pronto, seu Playlist está configurado para o envio de dados para o RDS.
Agora é necessária a configuração do equipamento habilitando a porta que foi escolhida para envio das informações, configurando o protocolo ASCII na porta UDP habilitada anteriormente e configurando a Label do PS ou RT (funções RDS) para receber as informações.

O que é necessário ter para utilizar essa função?
A emissora deverá adquirir o gerador e codificador de RDS (também chamado de Encoder RDS), um equipamento que gera pequenos arquivos de texto (de 8 a 64 caracteres, de acordo com o modelo adquirido) através da subportadora da freqüência de FM (média de 60 kHz), que pode ser encontrado na maioria das lojas que trabalham com equipamentos de radiodifusão. Por ser gerado em uma subportadora, o RDS não interfere no áudio da emissora. O equipamento utilizado com o sistema Playlist Digital, foi o Encoder Audemat FMB80. O Encoder Inovonics 730 RDS também é compatível.


Quem poderá visualizar as informações do RDS?
Apenas usuários que possuem aparelhos de som que contém o decodificador de RDS, função que consegue separar a subportadora do áudio e reconhece o arquivo de texto, como celulares, som automotivo, mini system, etc. As informações são mostradas no display do aparelho, no mesmo lugar onde fica a freqüência

Artigos Relacionados

1 comentários:

Anônimo disse...

Olá, para RDS de rádios online? é preciso desse aparelho também?

02/11/2011 03:16

Postar um comentário